Resistência à insulina

Já ouviu falar de Resistência à insulina? A resistência insulínica é uma situação onde há um desequilíbrio entre a quantidade de insulina produzida pelo pâncreas e o funcionamento desta quantidade de insulina. A principal causa da resistência insulínica é o ganho de peso. Com o ganho de peso, há maior necessidade do pâncreas produzir insulina e, com isso, o ciclo da resistência insulínica se inicia. Quanto mais insulina é produzida, mais as células tendem a se proteger do excesso dela, e mais aumenta a resistência insulínica. Em determinado momento o pâncreas não consegue produzir mais insulina, e é neste ponto que os níveis de açúcar no sangue começam a ficar elevados e você pode vir a adquirir o diabetes tipo 2. Outras condições como gestação, síndrome metabólica, hipertensão arterial, colesterol elevado, síndrome do ovário policístico, esteatite hepática (mais conhecida como gordura no fígado), também podem levar à resistência insulínica ou serem consequências dela. Diagnóstico x tratamento Uma vez feito o diagnóstico, ele pode significar um passo em uma estrada que termina no desenvolvimento do diabetes. Sendo assim, é preciso iniciar o tratamento da resistência insulínica com mudanças do estilo de vida. Troca dos alimentos de alto índice glicêmico e a prática de atividades físicas é essencial. Em alguns casos, há possibilidade do uso de medicamentos. Se você leu este texto e ficou um pouco preocupado com sua saúde, venha conhecer o nosso trabalho os resultados fantásticos de nossos alunos: @spatraining www.facebook.com/spatraining www.spatraining.com.br Ou se preferir, envie-nos um e-mail ou whatsapp e agende uma 1ª consulta inteiramente gratuita! (31)9.8754-0960 (31)3653-6171 


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.